A importância do banho e tosa do meu pet

O banho é extremamente importante para saúde e higiene dos pets e é um hábito necessário na rotina do seu bichinho, além disso, os banhos e as tosas precisam ser realizados por profissionais capacitados que tomam o devido cuidado com a pele, ouvidos, olhos, dentes e pelos dos bichinhos e todos os procedimentos devem ser executados com muito cuidado para prevenir a presença de fungos e bactérias. A higiene do bichinho de estimação ajuda a controlar a oleosidade natural dos pelos e a deixá-lo com cheirinho mais agradável. Saúde em primeiro lugar, então a importância do banho e tosa está nesta lista!

Qual a frequência ideal para o banho?

As indicações da frequência dos banhos nos pets variam conforme a pelagem e raça do pet. Intervalos de banhos inferiores a uma vez por semana não são recomendados para nenhum tipo de pelagem, a menos que o cão ou gato esteja em tratamento dermatológico e o médico veterinário recomende um intervalo menor.

Veja abaixo algumas recomendações:

  • Cães de pelos curtos: Intervalo do banho pode ser de 2 em 2 meses.
  • Cães de pelos longos: Pelo longo com crescimento contínuo de 1 a 4 vezes por mês.
  • Cães de pelos volumosos: Recomenda-se de 1 a 2 vezes por mês

Filhotes: Se os bebês ainda não tomaram todas as vacinas necessárias é preciso evitar que eles saiam de casa para ir ao pet shop, pois nesta fase a imunidade é baixa e o contato com outros animais pode ser arriscado.  Banhos fora do domicílio só devem acontecer após o término do protocolo de vacinação e vermifugação, já os banhos em domicílio podem acontecer normalmente e faz parte da importância do banho e tosa. Água e sabão não fazem mal para o filhote, mas o frio sim, então eles não podem ficar molhados. Além disso, é ideal esperar o tempo certo para começar a dar banho, pois os filhotes com menos de 4 meses de vida ainda são guiados pela mãe através do olfato e usar shampoos com cheiro pode confundi-los.

Dentes e Unhas fazem parte da importância do banho e tosa: Os dentes dos pets devem ser higienizados semanalmente com uma escova e creme próprio para animais e é recomendado realizar essa higienização na hora do banho. O corte das unhas pode ser feito com intervalo de 10 dias, mas é melhor ser realizada sempre por profissionais especializados.

Reforçamos que essas recomendações sobre a importância do banho e tosa, são sempre visando a saúde e o bem-estar dos bichinhos. O ideal é consultar o médico veterinário de sua confiança para saber o tempo certo para realizar o banho e a tosa específica para o seu pet.

Segundo Alexandre Rossi, conhecido como Dr. Pet, os pets não precisam tomar banho toda semana ou com tanta frequência, geralmente essa é uma prática determinada pelo dono. Os animais possuem uma proteção natural e os banhos semanais devem ser evitados principalmente no inverno, quando é recomendado que o banho seja substituído pela escovação dos pelos, eliminando assim a pele morta e excesso de pelo. Após essa ação deve-se passar um pano úmido com um pouco de sabão para finalizar a higiene do animal.

Qual a frequência ideal para realizar a tosa?

Em relação à tosa, também é importante levar em conta o tempo ideal do corte dos pelos de cada raça, lembrando que essa é uma parte da importância do banho e tosa, pois também está relacionada com a higiene do animal.

Veja abaixo algumas recomendações:

  • Cães de pelos longos: Sugerido intervalo da tosa de 45 dias.
  • Cães de pelos variados: Intervalo de 2 a 3 meses.

Claro, não existe regra… Mas é importante estar atento ao bem-estar do seu cachorro ou gato e observar sempre o clima, afinal, não é saudável deixar o pelo do seu pet muito baixo no frio, assim como não deve haver pausas muito longas de banhos no calor, seja ele gato ou cachorro. Você sabia que: “A pele também serve como um protetor contra o sol e faz o papel de isolante térmico.”?

Tosa na tesoura ou corte na máquina?

Existem vários tipos de tosa, a tosa na máquina são cortes feitos por meio de uma lâmina determinada, ou seja, cada número de lâmina está relacionado ao comprimento do pelo, mantendo-o uniforme. Por outro lado alguns profissionais não indicam o corte de máquina para algumas raças como Chow Chow e Husky Siberiano, pois ao cortar a pelagem rente à pele, os pelos podem crescer de forma diferenciada e descaracterizar a estética do animal.

tosa na tesoura é recomendada para diversos cães e gatos, pois o objetivo deste corte é diminuir o comprimento dos pelos, sem modificar a forma original.

Existe também a tosa da raça, que são cortes feitos especialmente para determinados tipos de raça, já que eles caracterizam e acentuam a forma dos animais. Alguns tipos de raças são caracterizados por esses cortes, como por exemplo: O Poodle, Lhasa Apso, Schnauzer, Yorkshire e diversos outros.

Groomer: unha, cabelo, cremes e bigodes

Ganhando cada vez mais visibilidade no mercado, os Groomers são especializados em tosas especiais e estética dos bichinhos. Esses profissionais são conhecidos por deixar o pelo do seu pet colorido, pintam as unhas, fazem penteados diferentes e deixam o pelo mais brilhante por meio de técnicas inovadoras e especiais. Se você quer dar um uma nova cara ao seu pet, o Groomer é o profissional ideal!

Fonte: dotpet.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *